Discurso de formatura do ensino médio, em 2006

Antes de qualquer coisa, boa noite aos presentes nesta festa excepcional. Agradeço a presença de todos neste maravilhoso evento. Hoje estou aqui para discursar algumas palavras sobre os alunos desta escola. Pois bem, posso lhes assegurar que todos os alunos aqui presentes, sempre que acharam devido, deram o melhor de si e demonstraram toda a sua capacidade nos afazeres escolares. Foram solícitos, prestativos, astutos e muitos outros adjetivos que nem preciso citar, já que vocês, como pais e amigos, os conhecem muito bem.

Desenvolveram festas, colaboraram com projetos, fizeram debates de idéias e bolaram várias atividades extra-escolares para que esse ano tivesse um desfecho extraordinário. Só há um quesito que não agradou a todos: a rebeldia. A sala do 3º ano do ensino médio letra B deste ano de 2006, com certeza, ficará na memória desta escola como uma das mais rebeldes.

Porém esse comportamento não é sem causa. Se alguma norma ou atitude nos era prejudicial, éramos contra. Quando nos privavam de passeios, festas… logo se ouvia falar de algo sobre o 3º B. E se, por ventura o 3º estivesse quieto, aí sim é que tinha coisa errada! Sou um dos alunos que pertenceu a esta sala e lhes asseguro que é um grupo genial! Nesta grupo de 46 alunos há secretárias, auxiliares de dentista, massagistas, professores de línguas estrangeiras, gênios em computação, rappers, vendedores de produtos de beleza, professores de artes marciais e pequenos empresários.

A não conformidade destes alunos é uma de suas melhores qualidades. Enfrentaram a todos os desafios, encararam os problemas de frente, batalharam para serem ouvidos e superaram o impossível para lhes proporcionar esta festa hoje à noite. São vencedores que retiraram as pedras do caminho para lutar por seus sonhos. É por isso que tenho orgulho em lhe prestar esta homenagem e agradecer por tudo que aprendi com eles.

Hoje a realidade escolar termina e estes alunos provavelmente não se verão mais, só que esta classe que se tornou uma família nunca desaparecerá. Temos em nossas personalidades um pedacinho de cada um dos 46 e sabemos que isto ficará para sempre. Agradeço a vocês pais por criarem filhos tão esplêndidos e deixar que pudéssemos conviver juntos por todo este ano. Agradeço também à direção, ao pessoal da limpeza e do refeitório, e, principalmente, aos professores por tudo que nos ensinaram, não só lições de sua matéria, mas lições de vida inesquecíveis. E, por fim, faço um único pedido aos alunos: nunca deixem de sonhar. Porque somente através dos sonhos somos capazes de criar uma realidade melhor e ultrapassar o impossível, assim como fizemos hoje. Desejo a todos nós futuros indescritíveis e espero que possamos encarar o mundo como fizemos aqui: com garra, força, rebeldia e muita vontade de vencer.

Texto escrito em 2006

Anúncios
Esse post foi publicado em Crônicas e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s