PM é acionada em discussão no Crusp

São Paulo 9/9/2010 (JC – USP) – Nesta quarta-feira (8), por volta das 21h, a Polícia Militar foi acionada para intervir em um conflito no Conjunto Residencial da USP (Crusp). Marcos André Cardoso Souza, tetraplégico, ligou para a PM após confronto com Douglas Drummond de Almeida, estudante de Ciências Sociais, amigo com quem dividiu um apartamento no Crusp entre maio e julho desse ano. Mesmo não sendo morador oficial, pois não estuda na USP, Marcos se hospedou com o amigo até que foi internado na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo até o fim de agosto.

Depois de alugar um imóvel no bairro da Liberdade, o cadeirante voltou ao Crusp para reaver seus pertences, conforme diz ter combinado com o ex-companheiro de quarto. Chegou ao local aproximadamente às 14h e até as 21h ainda esperava o colega devolver seu computador pessoal. Como Douglas se recusou a entregar a CPU alegando que precisava de mais tempo para copiar arquivos que havia colocado na máquina, Marcos chamou a polícia.

Em poucos minutos, a PM chegou junto com agentes da Guarda Universitária. Depois de uma breve conversa, Douglas se comprometeu a entregar o equipamento hoje, até às 14h, a agentes da Coseas. Caso contrário, Marcos foi instruído a abrir um boletim de ocorrência acusando seu ex-companheiro de roubo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Jornal do Campus da USP, Reportagens e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s