AI – 5 do Idioma Nacional

Foi aprovado, na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados, um projeto apresentado pelo deputado Aldo Rebelo, que pretende restringir o uso de estrangeirismos em documentos oficiais e meios de comunicação comerciais e, conseqüentemente, empobrecer o nosso idioma através de sua limitação vocabular e controle político.

Autor desse projeto, Rebelo defende a aplicação da medida, argumentando que a “língua nacional está cercada de palavras (estrangeirismos) que empobrecem e são desnecessários ao idioma”, como disse à revista Veja, quando questionado sobre o assunto. Tal posição, repudiada por uma maioria absoluta de intelectuais, literatos e filólogos, demonstra uma percepção arcaica do papel dos estrangeirismos na língua portuguesa por parte dos deputados.

Esses estrangeirismos, julgados como maléficos e patógenos para o idioma durante anos passados, como mostra a história, vêm para se incorporar e enriquecer o vocabulário dos idiomas que os absorvem. “Já passou a época em que os estrangeirismos eram considerados invasores. Hoje, sabe-se que eles enriquecem o léxico”, disse o filólogo Evanildo Bechara, da Academia Brasileira de Letras.

Além de restringir a liberdade política lingüística e, conseqüentemente, de expressão da população brasileira, a atitude de deputados e senadores ao aceitarem um projeto como esse, nos faz lembrar de medidas semelhantes adotadas em ditaduras extremistas como as de Hitler, Mussolini e, atualmente, Mahmoud Ahmadinejad para isolar o próprio idioma e controlar a informação recebida por suas nações.

Conclui-se, com base nos dados, apresentados, portanto, que este projeto trará mais malefícios do que benefícios à sociedade brasileira e que tentativas administrativas para controlar o desenrolar do português estão fadadas ao fracasso “porque quem manda nos rumos do idioma é a língua falada”, como disse Bechara.

Texto escrito em 7 de junho de 2008.

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos e Opinião e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s