Educação Juvenil: Livro X Tevê

A caixa emissora de ondas sonoras e refletora de luz que chamamos de ‘televisão’ é muito importante na formação juvenil. No Brasil, é o principal meio de comunicação e fonte de informações. Os brasileiros passam, em média, 7 horas em frente à TV. Seu senso crítico é bastante influenciado pelas idéias que recebem de ‘personalidades televisivas’, novelas e alguns programas que dominam a audiência nacional.

Entretanto, assim como o macaco de Veríssimo não vive só de banana, usar somente a tevê para ‘crescer’ não basta.

Os livros estimulam o raciocínio, a imaginação, os sentidos e a busca por conhecimento do mundo ao redor. Com eles, é possível tomar um ‘chazinho’ num bar em Londres ao cair da tarde, sentir o corpo atrofiado diante do gelo tibetano, se perder na imensidão dos desertos ou, até mesmo, encontrar uma pessoa dentro de você que nem imaginava existir.

Ele nos apresenta ideologias, conceitos e culturas completamente diferentes. Demonstra-nos, por fim, uma nova realidade. Preciso dizer se isso é importante para o jovem?

Estes são os meus conceitos para esses dois maravilhosos, no entanto mal e pouco usados, meios de comunicação e aprendizagem.

Redação escrita em 8 de março de 2005. 

Anúncios
Esse post foi publicado em Crônicas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s